Weby shortcut

Histórico

Atualizado em 09/11/16 18:56.

 

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia e Biodiversidade integra a Rede Centro Oeste de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação (Rede Pró-Centro Oeste), instituída pela portaria interministerial MCT/MEC nº 1038, de 10 de dezembro de 2009. 

A Rede Centro Oeste de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação – Pró-Centro-Oeste, congrega Instituições de ensino e pesquisa dos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal, suas respectivas Secretarias de Estado de Ciência e Tecnologia e Fundações de Amparo à Pesquisa. A Rede terá duração de cinco anos, a partir da data de publicação da Portaria de criação, podendo ser renovada, a critério do Ministro de Estado da Ciência e Tecnologia, observados os indicadores apontados por uma comissão independente de avaliação, criada especificamente para esse fim.

 

Caracterização do ambiente da rede

A Rede Pró-Centro-Oeste foi instituída para trabalhar em duas frentes: produzir conhecimento, com vistas à conservação e ao uso sustentável dos recursos naturais do Cerrado e do Pantanal, e formar recursos humanos para o desenvolvimento sustentável da Região Centro-Oeste. Como primeira ação da Rede, foi lançado o Edital MCT/CNPq/FNDCT/FAPs/MEC/CAPES/PRO-CENTRO-OESTE Nº 031/2010, contemplando três linhas de pesquisa: Ciência, Tecnologia e Inovação para Sustentabilidade da Região Centro-Oeste; Bioeconomia e Conservação dos Recursos Naturais; Desenvolvimento de Produtos, Processos e Serviços Biotecnológicos. Para a formação de recursos humanos, foi criado um programa de pós-graduação multi-institucional, em nível de doutorado, que integra os quatro estados da Região Centro-Oeste, tendo duas áreas de concentração: Biotecnologia e Biodiversidade. Além disso, serão definidas outras estratégias de formação de recursos humanos para contribuir com o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

Listar Todas Voltar